Segunda, 27 Fevereiro 2017 17:06

Carnaval sem máscaras!

Escrito por

Linotipos internacionais... Ops, nada de internacional, é nacional mesmo, vamos falar da falta de máscaras nesse carnaval 2017. O que antes era indispensável para que o carnaval fosse a festa das fantasias e dos sonhos sonhados, o sonho dos sonhos magnetizados, das mentes abertas e gritos calados, agora não existe mais. Onde estão as máscaras desse carnaval, gente?

Quando falo em máscaras, estou me referindo ao artefato que esconde o rosto, mesmo que na tentativa de esconder o caráter sem conseguir. Falo das que se parecem com diabos, fadas, marinheiros, colombinas e etc... Elas não existem mais? Não, e sabe qual o motivo? Não interessa mais esconder a cara, as pessoas querem ser sim o que são e ninguém tem nada a ver com isso.

Domingo, 12 Junho 2016 14:59

Uma decisão diária

Escrito por

Sim, viver é decidir no tempo. No futuro, o sempre puro e translúcido desejo de felicidade; no presente, a expectativa, o frio no estômago entre sorrisos e perante o novo... E no passado, quase sempre uma coleção de arrependimentos e histórias tristes. E sofremos ao olhar pra trás... Não é assim? Carreira, projetos, amigos, casamento, filhos, um carro... Não raro lamentamos o que consideramos tempo perdido e nos pegamos imaginando como as coisas teriam sido se tivéssemos escolhido outro caminho naquele momento tão crucial, tão definitivo... Tão indelével.

Posso muito bem admoestar o ouvinte que se apega às palavras que lhe agradam e despreza as que lhe incomodam, ou o que a tudo ouve mas nada aplica em sua vida prática... Porém, um fato: não posso constrangê-lo a preferir um preletor local em detrimento do visitante unicamente por ser "prata da casa". É um argumento fraco, além de estimular a ideia de disputa entre categorias de preletores pela atenção do público (como se uma pudesse ser melhor que a outra). Pior: essa abordagem coloca o ouvinte como mero espectador/consumidor de produtos, diminui o valor do preletor visitante e tenta dar alguma "vantagem de consideração" ao preletor local para torná-lo competitivo à base de colher de chá... Ao final, a importância dos três é inadvertidamente depreciada.

Quinta, 31 Dezembro 2015 21:10

Como fazer um ano incrível?

Escrito por

Receitas... Elas estão por toda parte, e aos montes. Quer perder a barriguinha pro verão? Ganhar dinheiro sem sair de casa? Ter sucesso? Encontrar alguém? Ser feliz? Pois o que não faltam na internet e fora dela são listas com "trocentos" passos (ou leis, ou o que quiser) para "sei lá o que você está querendo".

Segunda, 09 Novembro 2015 22:27

Legalizar no país que não é legal!

Escrito por

Faz tempo que eu ouço essa coisa de legalização das drogas. Não é de hoje que ouço pessoas a favor e um sem número de pessoas contra. Esse é o reflexo de uma sociedade que em princípio pensa, não sei em que e como, mas a cada dia vem formando algum tipo de opinião sobre assuntos que não conhecem na verdade ou que não conseguiram ainda entender o que vão produzir no futuro.

Terça, 03 Novembro 2015 21:12

Soltando o Bode

Escrito por

E quando as coisas não vão bem, lá vamos nós colocar o nosso bode em ação... A velha lamúria do bode expiatório. Sim, lamúria, pois não tenho outra palavra. Venho fazendo uma reflexão sobre isso e vejo que não é diferente nem comigo, nem com ninguém.

Segunda, 02 Novembro 2015 11:49

Futilidade

Escrito por

Você se lembra das antigas correntes de e-mail? Piadas, boatos e pedidos de compartilhamento apareciam em nossa caixa de entrada de tempos em tempos, ciclicamente, porque sempre era novidade para alguém. Aí surgiram as redes sociais, onde esse mesmo tipo de conteúdo se repete, de novo e de novo. Surgiram também as "tretas", discussões intermináveis acerca de temas polêmicos ou fofocas da vida alheia, geralmente repletas de agressão verbal, com zilhares de curtidas e outro tanto de compartilhamentos e comentários sem fim... Existem os "mendigos de likes", os ativistas de todo gênero... Enfim, a impressão que dá é que você pode passar dias ou meses sem acessar sua rede social preferida que, quando voltar a ela, verá mais ou menos as mesmas coisas que viu da última vez em que esteve lá. Ainda assim, entretanto, existe uma tendência da maioria a acessá-la todos os dias, ainda mais com o advento dos smartphones... Mesmo que seja para ficar só olhando.

Segunda, 26 Outubro 2015 21:29

Ignorância Religiosa

Escrito por

A Escola Bíblica é, sem dúvidas, um momento de muita alegria para mim. Minha classe é formada por pessoas que vieram de várias matizes da Igreja Protestante no Brasil e, a cada aula, uma novidade aparece. São questões que vão da permissão para comer sorvete de passas ao rum (a velha questão do álcool) até a questão de como a igreja irá ficar caso tenha que se encontrar com o anticristo.

Quinta, 22 Outubro 2015 22:37

O Que Mais Me Espanta

Escrito por

Todos os dias nós somos solapados por uma série de escândalos. Alguns dos outros e outros de nós mesmos, vamos confessar. A cultura do escândalo é crescente até pelo fato de quanto mais escandaloso, vil, mal educado e mais espanto causar nos outros... pronto, faz fama! Esse problema está se tornando endêmico no mundo. Música, dança, humor, teatro, cinema e... Igreja. Todos querem causar. Causar em todas as áreas e em todos os momentos. A verdade é que quando um escândalo acontece ele pode colocar em evidência, e isso vale qualquer sacrifício, mas está difícil de suportar.

Segunda, 07 Setembro 2015 21:23

Testemunho e Silêncio

Escrito por

Na igreja, dar um testemunho significa relatar uma experiência vivida da qual se obteve crescimento e amadurecimento espiritual, naturalmente que em conformidade com a sã doutrina. O conceito é simples... Entretanto, é fato que surgiu uma espécie de "competitividade" entre testemunhos, de modo que se criaram algumas expectativas por parte dos ouvintes para que um testemunho seja considerado "bom" – as quais, infelizmente, acabam deturpando o seu real significado:

Página 1 de 2