Quarta, 13 Maio 2015 10:30

O que tem de novo?

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

Ao ouvir a pergunta do tema desse artigo acabo por me transportar para a minha infância quando respondíamos: Muita galinha e pouco ovo! O riso era garantido. Na verdade hoje o riso acontece trazendo algumas reflexões sobre a igreja moderna. Existe um misto de sentimento quando temos que nos expressar sobre o modus operandi da Membresia dita crente nesses dias. Por um lado temos medo de ferir os fiéis e por outro temos o medo de afugentar os que não são fieis e acham que são e podem acabar por dar a desculpa de estarem "magoados" e por isso acabam por não frequentar a congregação.

O pastor, de verdade, está sempre em uma sinuca de bico. Existem dias que ele não pode falar e outros que deve falar, mas no momento em que vivemos ele deve se preparar para perder sempre pelo simples fato de não saber ao certo com quem ele fala, afinal somos pastores ou adivinhadores? Sim, pelos frutos os conhecereis (Mateus 7.20), o problema é que a árvore que está gerando os frutos está adubada com fertilizante estranho e tomou muitos banhos com pesticida, o que compromete o fruto. A princípio o fruto é de boa cor, brilho e consistência - apesar de não suportar o armazenamento e se deteriorar de um dia para o outro.

Recentemente surgiu um áudio no WhatsApp em que a suposta voz de uma cantora gospel famosa estaria dizendo que 2015 seria um ano de muita luta e sofrimento. Foi o bastante para que a Igreja se desesperasse

Sobre isso Paulo escreveu a Timóteo dizendo:

"Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios" (1 Timóteo 4.1)

Note que Paulo faz algumas observações importantes no versículo acima e são eles:

O Espírito expressamente... É o Espírito santo que vem pontuando a posição da Igreja de Cristo no que concerne a sua responsabilidade e compromisso no Reino de Deus. O mesmo Espírito está declarando que sofreríamos de um certo abandono do que se chama: doutrina, amor, comportamento equilibrado, evangelização, amizade, companheirismo, socorro, oração, discipulado, etc. É esse mesmo Espírito que a Igreja canta dizendo: vem sobre nós! Porém, quando ele vem e declara: Seja presente, constante e abundante na Obra, raramente essa voz e entendida com a voz de Deus e de seu Espírito.

Diz que nos últimos tempos... Estamos na hora undécima (Mateus 20.1-16). Não estamos mais vivendo a manhã do evangelho, estamos no entardecer e a cada momento o céu está ficando negro e a escuridão se aproxima. É como se estivéssemos entrado em um túnel para atravessar uma montanha e o fizéssemos durante o dia, mas ao chegar do outro lado encontrássemos a noite. É chocante e de alguma forma, ainda que tênue, assusta. Estamos nos últimos dias onde a cada momento o mais agressor, o mais escandalizador o mais incisivo parece ter espaço na sociedade. Nada mais tem parâmetros e isso chegou na Igreja de Cristo. Hoje não se tem mais respeito com algumas questões básicas que antes não se pensava rejeitar como:

- O início da hora do culto;

- Estar presente nos Cultos Dominicais, incluindo a Escola Bíblica;

- Participar dos momentos de oração da Igreja;

- Estar presente nos Estudos Bíblicos;

- Desejar ser um trabalhador ativo na Obra de Deus;

- Evangelizar;

- Ser Dizimista por todos os meses do ano e isso inclui o décimo terceiro salário;

- Ser um ofertante liberal, etc.

Hoje estamos sendo vencidos pelas visitas de família, pelos shoppings, pelas festas, pelos encontros com os amigos e muito mais.

Apostatarão alguns da fé... Isso é muito sério. Parecia que Paulo estava antevendo o evento da Internet e da TV. Nossas ovelhas estão dando credito a tudo que se fala nas Redes Sociais e nos aplicativos de telefonia celular. Recentemente surgiu um áudio no WhatsApp em que a suposta voz de uma cantora gospel famosa estaria dizendo que 2015 seria um ano de muita luta e sofrimento. Foi o bastante para que a Igreja se desesperasse. Ora, no que eles creem? Na voz da cantora de cabelos negros e longos (se é que era ela mesmo) ou na Palavra? Tudo que aparece nas Redes Sociais torna-se moda e desespero de alguns na Igreja. Existem igrejas que já fazem seus estudos baseados nas últimas postagem do Facebook! Jesus!

Dando ouvidos a espíritos enganadores... Hoje quando um pastor ensina uma Doutrina Bíblica com toda as bases teológicas e, mesmo sendo redundante, Bíblica, existe um povo que torce o nariz, e porquê? Simples, o que mais chama atenção das pessoas é a heresia e não a Sã Doutrina. Como um doente vai querer uma coisa Sã? As pessoas desejam copo com água, terra de Israel, Pedra do Jordão, oração que emagrece, mágicos fingindo que tiram caroços de pessoas (e é charlatanismo)Veja isso!

E a doutrinas de demônios... Bem, depois de ter assistido o vídeo acima, acredito que você entenda o que é a doutrina de demônios. É possível ver o que chama a atenção de pessoas e o que enche os olhos de muitos. Alguns cultos são classificados como chatos pelo fato de não ter havido nenhuma revelação ou revelamento, outros classificados de frios pelo fato de não haver línguas estranhas, mesmo que isso possa solapar a palavra de Paulo (1 Coríntios 14.27), mas o importante é sair do culto feliz. O hedonismo é o centro de nossa adoração onde o prazer é visto em tudo. Se algo me dá prazer vale a pena, senão, esquece. Pessoas dizem que não participam de cultos de estudos Bíblicos pelo fato de terem que ficar manuseando a Bíblia e anotando pensamentos, mas trocam mensagens nas Redes Sociais até quando dirigem. Tente colocar uma Palavra do tipo exortativa à oração, à prudência, à vigilância e veja quantos compartilhamentos você terá. Agora, coloque um gato cantando ou um mendigo falando: E aí, galera do zapzap! Segue-se um sem número de comentários e risadas.

É essa a Igreja que Jesus estabeleceu?

Lido 493 vezes Última modificação em Quarta, 13 Maio 2015 11:06